Como escolher o melhor sistema operacional para uma empresa?

Não é segredo que, nos últimos anos, os avanços tecnológicos dominaram consideravelmente o cenário empresarial. Aliás, inovações como os sistemas operacionais que vieram para suprir as necessidades do mercado.

Os sistemas operacionais servem para auxiliar nas rotinas de um ambiente de escritório, principalmente quando uma empresa de serviço de busca e entrega relata a dificuldade para escolher um sistema que possa atender assertivamente todas as suas necessidades.

Sabendo que um sistema operacional tem a função de suportar todas as ações feitas em ambiente digital, é compreensível entender porque a pauta recebe tamanha relevância nas discussões de estratégias implementadas pelas organizações.

A padronização de processos é essencial para companhias de diversos nichos, pois para contar com entrega de qualidade aos clientes, o engajamento entre muitas áreas dentro de um projeto pode ser exigido.

É verdade que um ambiente corporativo funciona como uma máquina, o que quer dizer que todas as peças, ainda que mínimas, somam no resultado do contexto macro. A convicção disso deve estar enraizada na cultura empresarial e perpetuada aos funcionários.

Mesmo para locais que contam com a terceirização de serviços gerais, por exemplo, o tratamento com os fornecedores não deve ser indiferente, pois certamente esses agregam para o sucesso nas entregas de forma direta ou indireta.

Logo, conhecendo a dimensão da integração entre pessoas que existe no cenário empresarial é possível saber que, paralelamente a esse fator, é preciso fazer com que as partes envolvidas disponham de ferramentas para facilitar o alinhamento.

Se hoje a maior parte das empresas concentram seus processos por intermédio de e-mails e outros meios de comunicação virtual, para conter a evasão de informações e assegurar mais controle de procedimentos, essa padronização deve abarcar também os sistemas.

Entenda como a padronização pode transformar seu negócio

Datas comemorativas são marcantes para os indivíduos em geral. Portanto, considere eventos como festas das quais os responsáveis pela organização se preocupam com o êxito de todas as ideias e estratégias criadas.

Conhecendo a importância dessa pauta, a cultura de um buffet casamento é trabalhar as soft skills de seus colaboradores, de modo que estes estejam aptos a ouvir com atenção as necessidades dos clientes e criar o senso de liderança para solucionar e suprir.

Certamente que só podem ser atendidas as demandas se os envolvidos estiverem em pleno alinhamento na tomada de decisões e na linha de frente das ações.

Para esse mesmo segmento, não é incomum ver a ministração recorrente de treinamentos com o intuito de enriquecer o conhecimento dos funcionários, proporcionando mais visibilidade nos procedimentos e contextualizando a tomada de decisões.

Isso acontece frequentemente em empresas que têm em mente o impacto que a padronização de processos possui para auxiliar no andamento dos negócios. Para uma empresa de curso nr 35, esse pensamento também é transmitido aos alunos.

A Norma Regulamentadora nº 35 diz respeito à utilização de equipamentos de proteção para a realização de atividades específicas de trabalho. É verdade que para os segmentos atendidos, o alinhamento quanto aos riscos e benefícios da norma é preciso.

Mas, na realidade de um escritório, pouco se sabe efetivamente qual a importância de alinhar os sistemas operacionais e como isso pode agregar no atingimento de objetivos.

O que é um sistema operacional?

Um sistema operacional é o meio pelo qual uma ferramenta, programa ou o conjunto de programas pode ser gerido, o que reflete na interface do usuário e por toda a sua experiência durante o uso de um programa em específico.

Para provedores de internet, o sistema operacional deve levar em consideração o nicho de atuação e o escopo do negócio, isto é, assegurar o dinamismo para a performance de trabalho no cotidiano.

Analisando nichos de trabalho voltados para a tecnologia, a especificação de requisitos ao determinar os softwares adotados devem ir ao encontro do fluxo de trabalho intenso comum nesta linha de negócio.

Para locais com um ritmo de cotidiano diferente e com processos manuais, o sistema operacional deve dar clareza ao longo dos processos, e em clínicas veterinárias a interface deve ser simplificada.

Ou seja, considerando que nas clínicas a dinâmica é majoritariamente manual, o uso de sistemas precisa ser simples para tornar mais rápido a emissão de receituários, encaminhamentos e exames, assim como o lançamento de informações para arquivar.

A discrepância nas necessidades entre empresas de segmentos distintos é um dos fatores a serem analisados no momento de implementar a padronização operacional, mas ela é necessária para permitir facilidade no dia a dia, além de agregar em outras esferas, como:

  • Facilidade para contratar assistência técnica;
  • Ter o apoio de apenas um fornecedor;
  • Obtenção de descontos em serviços e softwares;
  • Melhores opções de cotação;
  • Melhor gestão da tecnologia da informação.

Conhecendo os benefícios conferidos, vale ressaltar que hoje os principais sistemas operacionais disponíveis são o Windows, Linux e MacOS. Para cada um desses há vantagens comparativas e competitivas para serem colocadas em pauta.

1 – Sistema Operacional Windows

O Windows é o sistema operacional mais conhecido e utilizado a nível global. A interface apresentada neste software é pensada para simplificar o cotidiano de usuários com pouco conhecimento em tecnologia.

Sendo indicada para fins comerciais e pessoais, é comum ver uma empresa de portaria e vigilância usando o sistema, isso porque supõe-se que os colaboradores não contam com conhecimentos específicos em tecnologia.

Conferindo dinamismo no dia a dia, o Windows também conta com a interface mais simples, não exigindo técnicas específicas em informática. O fato de ser usado habitualmente para fins pessoais, torna mais visível este sistema operacional.

Em adição, algumas particularidades devem ser colocadas na mesa para escolher o sistema ideal para uma empresa. Os especialistas em segurança da informação fazem um apelo para que o mercado dê a devida atenção para a LGPD.

A Lei Geral de Proteção de Dados é um conjunto de normas criadas em âmbito global para regular a segurança e confiabilidade na internet. É verdade que a velocidade no acesso e divulgação de informações pode corroborar para a ação de pessoas mal-intencionadas.

O sequestro de dados virtuais tem se tornado cada vez mais comum. Os hackers, pessoas dedicadas para a realização de crimes cibernéticos, constantemente buscam por brechas na segurança de empresas para roubar dados e informações financeiras.

Todavia, com a escolha de um sistema operacional dedicado e programado para evitar que esse tipo de sequestro virtual ocorra, as corporações passarão a estar em dia com a LGPD.

Por ser um sistema de fácil manipulação para equipes desenvolvedoras e para departamentos de tecnologia da informação, o Windows confere essa segurança estando em conformidade com a LGPD.

2 – Sistema Operacional Linux

O sistema Linux abriga boa parte dos servidores disponíveis, por ser um software com código aberto, isso justifica o seu uso comum para desenvolvedores de programas e responsáveis pela área de tecnologia.

A interface, por sua vez, é mais complexa, embora possa ser personalizada conforme as necessidades do usuário. Na verdade, para o uso do Linux, é preciso ter conhecimento voltado para este sistema, justamente por ele não ser intuitivo.

Por isso a sua utilização é recomendada para segmentos que possuem pessoas qualificadas e com o conhecimento adequado para lidar com tecnologia. Assim, em auto escolas, cujo foco de negócio é outro, não seria dinâmico contar com este sistema.

Outro aspecto a ser analisado sobre Linux é ter que considerar a facilidade de integração no ambiente corporativo, para que ocorra a padronização do serviço e das soluções tecnológicas, bem como as medidas para estar em conformidade com a LGPD.

Por ser um sistema pouco intuitivo, a tarefa de alinhar as áreas da empresa se torna mais difícil, afinal, isso só é possível quando o conhecimento acerca de um tema ou solução é horizontal no local de trabalho.

3 – Sistema Operacional MacOs

O sistema Mac é exclusivo em aparelhos Apple, o que significa que para seu uso e manutenção a empresa que optar em contar com este, deverá dispor de um alto orçamento para assegurar o bom funcionamento tecnológico.

Além de ter custo elevado, o MacOS tem pouca aderência perante o mercado, sendo aplicado na maioria das vezes em empresas no nicho de design gráfico e marketing. Isso porque as ferramentas disponibilizadas são mais adequadas para este segmento.

Para outros nichos, o uso do Mac pode vir a ser muito custoso no longo prazo, portanto, a recomendação é contar com um sistema acessível em termos de conhecimento e investimento.

Considerações finais

A escolha do sistema operacional adequado irá facilitar para que as empresas venham a padronizar seus processos de forma assertiva, contando com a integração de sistemas de forma segura, cumprindo com as normas globais.

Contudo, também deve ser analisado o contexto da empresa levando em pauta o orçamento e nicho de atuação para uma escolha assertiva de soluções operacionais.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

kaspersky
isc2
F5 Networks
tenable
sophos
security mentor
manageengine

Últimas Notícias do Blog