Segurança Digital x Segurança da Informação: entenda as diferenças!

A segurança digital e a da informação são dois processos importantes na web. Durante muitos anos, a internet era um ambiente apropriado apenas para compras, pesquisa e navegação, mas isso mudou.

Hoje em dia, ela se tornou um espaço para que empresas e pessoas possam executar suas tarefas e atividades diárias, e vem sendo parte estratégica na rotina delas.

Portanto, é exatamente, por isso, que precisamos entender as diferenças entre segurança da informação e segurança digital.

O que mais vemos hoje em dia são pessoas navegando por meio de dispositivos móveis como smartphones e tablets, para acessar e-mails, utilizar softwares, dentre outras necessidades, e tudo isso representa riscos desconhecidos.

Ter segurança durante o uso dessas ferramentas é essencial e passa por parâmetros de boas práticas e proteção. 

No caso das empresas, é essencial que elas invistam em maneiras seguras de usar a internet.

Assim, tarefas corriqueiras não se tornam prejudiciais no ambiente virtual e cumprem sua função de nos ajudar no dia a dia.

Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar o que é segurança da informação e segurança digital, as diferenças entre elas e a importância de cada uma.

O que é segurança da informação?

Segurança da informação consiste na defesa de dados, para garantir que eles estejam acessíveis para seus responsáveis e pessoas às quais se destinam.

Podemos usar como exemplo uma empresa que esteja implantando um novo projeto. 

Naturalmente, os dados referentes a ele são sigilosos e se vazarem podem causar muitos prejuízos.

Quando essas informações chegam às mãos de invasores, essa situação, geralmente, conta com a intervenção de um usuário final.

Em uma gráfica de impressão de apostilas, por exemplo, a segurança da informação se refere a políticas, processos e métodos que são empregados para a circulação de dados e informações de maneira segura e controlada.

É dessa forma que ela evita que pessoas indesejadas utilizem ou tenham acesso a essas informações. 

Daí a importância de contar com um departamento de TI, que utilize ferramentas que evitem problemas maiores.

Por meio delas, podemos garantir a integridade das informações e mantê-las confidenciais. 

E os dados só estarão seguros quanto, tanto os usuários quanto o TI agirem em consonância para evitar riscos futuramente.

A segurança da informação também diz respeito ao modo como as pessoas usam os dados que chegam até elas.

Por isso, tanto um e-mail particular quanto um relatório sigiloso de uma empresa devem ser mantidos em segurança.

O que é segurança digital?

A segurança digital é um trabalho do setor de TI, usado para bloquear as ameaças comuns no ambiente digital atualmente.

Quando acessamos uma rede social para visitar a página de uma gráfica de banner personalizado, por exemplo, vemos pessoas trocando informações, expondo seus dados e autorizando conexões.

É a mesma situação quando o colaborador de uma empresa acessa um software na nuvem, por meio de login para acessar os arquivos que estão armazenados ali.

Em ambas as situações, existem muitos riscos, independentemente dos cuidados que esses usuários tenham. 

Portanto, por meio da segurança digital, garantimos a proteção e o suporte, por intermédio de medidas e parâmetros de segurança.

É necessário estimular as boas práticas, além de disponibilizar ferramentas que tragam mais segurança ao ambiente virtual.

Diferenças entre segurança da informação e segurança digital

Algumas pessoas acreditam que segurança digital é só mais um termo para segurança da informação, o que não é verdade. São conceitos diferentes, mas a confusão acontece por várias razões.

Uma delas é a associação com a tecnologia da informação ou pelo fato de que a internet é, hoje, nossa principal ferramenta de comunicação e informação.

A segurança digital se aplica a uma parte da segurança da informação, mas como na proteção digital. Ela cuida das ameaças às informações que circulam no ambiente digital.

A segurança da informação, por sua vez, tem foco mais amplo e ajuda na redução de riscos no transporte de dados por diversos meios, sendo ele digital ou não.

A maioria das empresas, como uma de entrega de documentos, aloca seus dados ou os transporta nos meios digitais, o que torna esse ponto mais sensível para a segurança da organização. 

Portanto, as ameaças estão relacionadas a:

  • Dados bancários;
  • Informações financeiras;
  • Documentos;
  • Informações de clientes.

Para evitar ataques, é necessário contar com medidas de proteção, como no caso da implantação de processos internos.

Além de instalação e manutenção de softwares de segurança de forma correta.

Mesmo assim, essas medidas não garantem 100% de proteção. Isso acontece porque as pessoas estão sempre suscetíveis a erros, sejam eles intencionais ou não.

Ademais, mesmo que os desenvolvedores de sistemas de segurança se esforcem para acompanhar e responder a evolução das estratégias, isso nem sempre é garantido.

É por isso que uma empresa de aluguel de sala privativa conta com uma boa estrutura de segurança da informação, para ter em mãos o melhor serviço de investigação digital.

Isso é feito por meio da inteligência cibernética para resolver ataques e prevenir as ameaças digitais.

Portanto, agora que você já sabe quais são as diferenças entre segurança digital e segurança da informação, vamos falar sobre a importância de cada uma delas no próximo tópico.

Importância da segurança digital e da segurança da informação

Quando você usa uma chave de carro codificada, tem o intuito de proteger o seu veículo. 

Assim sendo, quando uma empresa investe em segurança digital, ela tem a intenção de se proteger contra ataques cibernéticos.

São duas medidas de segurança importantes, mas enquanto uma cuida do seu carro, a outra protege, por exemplo, o site da companhia.

As organizações precisam munir seus sites com ferramentas eficientes de segurança digital e precisam estar prontas para se defender, caso virem alvo de hackers.

Nós temos vários recursos que nos protegem nos ambientes físicos, como portão eletrônico, cadeados, alarmes, entre outros, mas o ambiente virtual também deve estar constantemente seguro.

Assim como uma empresa usa controle de acesso catraca para controlar quem entra e sai, precisa, também, manter o foco na segurança digital.

É dessa forma que ela garante que seu site esteja protegido de diversos ataques, dentre outros males que possam aparecer.

Quanto à segurança da informação, ela é importante porque os ataques cibernéticos estão batendo recordes nos últimos anos.

Mas, um dos pontos que precisamos considerar em relação a essas constantes ameaças é que, enquanto a tecnologia e a digitalização têm avançado muito, a segurança da informação não evoluiu de maneira igual.

Portanto, além de comprar computador novo, uma empresa deve estabelecer políticas de segurança da informação, do ambiente físico ao virtual, para assegurar a integridade e a continuidade da operação dos negócios.

Garantir a segurança da informação evita infecção por malware, que ocorre por qualquer software que danifica os dados e os dispositivos da empresa.

Também protege contra ataques às áreas vulneráveis, que são o foco dos hackers. Muitos fatores expõem as empresas aos riscos, e muitos deles podem ser evitados.

Por exemplo, conseguimos evitar diversos problemas quando investimos em atualizações, configuramos os sistemas corretamente e investimos em proteções eficazes.

A segurança da informação também protege contra o phishing, que é um tipo de fraude eletrônica, em que o invasor se passa por uma pessoa de confiança. 

Com isso, ele consegue roubar logins, informações bancárias, senhas de acesso, entre outros.

Também é uma que toda empresa tem, como uma de instalação de internet, de evitar as fraudes internas.

Isso acontece quando os funcionários de uma companhia se aproveitam de seu acesso ou burlam os sistemas de proteção para roubar ou vazar informações sigilosas.

Também é comum vermos falhas na segurança da informação em smartphones corporativos, visto que os funcionários carregam esses aparelhos e as informações contidas neles para diversos lugares.

Por fim, uma organização que investe em segurança da informação evita problemas como indisponibilidade, que é quando ocorrem ataques à estabilidade dos sistemas.

São situações comuns que podem prejudicar os fluxos de produtividade e afetar o lucro e a imagem da empresa.

Por fim, não podemos deixar de lembrar que devido ao aumento do trabalho home office, é necessário muito planejamento para garantir uma rede segura.

Conclusão

A internet e a tecnologia são ferramentas importantes para o dia a dia das empresas, mas assim como ajudam em diferentes processos, podem se tornar uma ameaça se não prezamos pela segurança.

Tanto a segurança digital quanto a segurança da informação são importantes para os negócios, e ajudam a evitar vários problemas decorrentes do vazamento de informações e de invasões.

Portanto, neste artigo, você entendeu um pouco mais sobre o conceito desses serviços e o quanto eles podem beneficiar a sua organização.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

isc2
sophos
F5 Networks
tenable
security mentor
kaspersky
manageengine

Últimas Notícias do Blog