Ataques de ransomware saltaram 90% em um ano, alerta SonicWall

De janeiro a abril de 2021, empresa de segurança mapeou 154,4 milhões de tentativas de invasão e sequestro de dados (ransomware).

SonicWall alertou para um bombardeio de ataques de ransomware que está forçando as organizações a um “constante estado de defesa”. Segundo levantamento conduzido por pesquisadores da empresa de cibersegurança divulgado nesta sexta-feira (21), houve 154,4 milhões de ataques de ransomware entre janeiro a abril deste ano, uma alta de 90% em relação ao mesmo período de 2020.

Até agora, abril representa o mês com o maior número de ataques ransomware já registrado no ano, com 48,3 milhões de ocorrências. Janeiro, fevereiro e março somam maior número de ransomware já registrado em primeiro trimestre do ano, um total de 106,1 milhões. O quarto trimestre do ano passado aparece em segundo lugar no ranking do SonicWall Capture Labs, com 104,9 milhões.

Ao mesmo tempo que evoluem rapidamente, as táticas dos criminosos cibernéticos tornam-se mais lucrativas. “As gangues digitais estão mais ousadas devido ao distúrbio que causam – as apostas aumentam sem cessar”, analisa Bill Conner, presidente e CEO da SonicWall.Veja tambémPara 68% dos executivos, tecnologia deve ajudar a acompanhar expectativas dos clientesGastos mundiais com segurança e riscos chegarão a US$ 150 bi em 2021Como a CISO da HP busca transformar a segurança cibernética

O CEO lembra que os criminosos cibernéticos estão forçando os setores privado e público a gerir seus negócios digitais em um “modo defensivo, 24×7”. Para frear o volume de ataques a civis, países e à economia global, Conner afirma que é fundamental que haja uma mudança de abordagem.

“Mais do que nunca, um esforço conjunto dos setores privado e público é necessário para enfrentar ataques cibernéticos cada vez mais sofisticado”.

manageengine
sophos
kaspersky
isc2
tenable
F5 Networks
security mentor

Últimas Notícias do Blog