Como trabalhar o array na programação?

Como trabalhar o array na programação?

O array é uma categoria de objeto presente em muitas linguagens de programação para a organização de objetos. Presente em ferramentas de front e back-end, compreender sua importância passa pela compreensão das variáveis em um código-fonte. 

Leia mais

Saiba o que é e por que investir em NFT!

Muita gente tem se perguntado o que é NFT, mas poucos realmente compreendem seu significado, entretanto, é uma tecnologia que já existe desde 2010. Na verdade, essa sigla ficou conhecida por conta da venda de produtos digitais muito caros na internet. Podemos dizer que o NFT é um selo de autenticidade criptográfico que faz com que um ativo digital seja único, exclusivo e raro. Foi por meio dele que surgiu o mercado de criptoativos com base em imagens, memes, mensagens em redes sociais, vídeos, jogos e diversos outros formatos de mídia. Todos eles agora possuem uma versão original que pode ser vendida. Quem gosta de investimentos diversificados já sabe que as criptomoedas são uma excelente opção e vão dominar esse mercado, mas também precisa estar atento ao NFT para fazer escolhas ainda mais inteligentes. Pensando nisso, neste artigo, vamos explicar o que são NFTs, por que vale a pena investir neles e ainda dar algumas dicas valiosas para criá-los. Então, se você se interessa pelo tema, leia até o final. Qual o conceito de NFT? NFT é uma sigla para Non-fungible Token, que pode ser traduzido como um token não-fungível. Trata-se de um tipo de certificado criptográfico que se relaciona com o mercado digital. Para você compreender melhor, estamos falando de um registro de ativo digital, que se assemelha a um contrato que garante a autenticidade. Mas não confunda esse termo com token de acesso, como aqueles que você usa em aplicativos bancários e afins. No caso desses serviços de certificação, o token é usado no universo das criptomoedas, representando um ativo com valor de mercado, como uma criptomoeda, um bem físico ou uma ação. Em outras palavras, é uma chave de identificação para o criptoativo em uma rede, de maneira segura. O NFT é um token especial porque é único, exclusivo e não pode ser reproduzido, por isso é não-fungível. No mercado econômico, os ativos não fungíveis são aqueles que podem ser trocados sem mudanças de valor, a exemplo de uma nota de R $10,00 que pode ser trocada por duas de R $5,00. O NFT, por sua vez, possui um valor único, por essa razão, é usado para vender produtos digitais, como: Imagens e memes; Músicas; Vídeos e filmes; Mensagens nas redes sociais. Ou seja, tudo o que circula no meio digital e que tenha sido produzido por alguém pode ser autenticado por meio do NFT. Assim, existe uma garantia de que ele é único e ganha um selo de propriedade de ativo. Por exemplo, se um escritório criar um projeto de arquitetura comercial digital, pode obter o NFT para autenticá-lo como único. Mesmo que existam várias outras cópias feitas por outra pessoa, existe apenas um original. Por que você deveria investir? O investimento em NFT pode ser feito de duas maneiras, sendo como criador ou como comprador. Hoje em dia, é comum ver obras digitais supervalorizadas e vendidas por preços exorbitantes, como alguns dos memes mais famosos. Muitos investidores também estão lucrando com isso por ser um mercado muito aquecido, e dentre as principais razões que levam as pessoas a investirem está a versatilidade desse tipo de negócio. Ele pode ser aplicado a qualquer item ou sua representação digital, como no caso dos exemplos que colocamos na lista acima. Existem infinitas possibilidades e que vão muito além dos itens colecionáveis. Da mesma forma, é possível usar o NFT em verificações de autenticidade de passagens aéreas, por exemplo. Também vale a pena investir nele por conta de sua alta negociabilidade, possibilitando que qualquer item seja transformado em NFT. Logo, é possível lucrar desde que exista alguém interessado em adquirir. Até mesmo uma empresa de avaliações patrimoniais pode investir nesta tecnologia, porque ela já existe há mais de 10 anos. De lá pra cá, esse mercado vem crescendo continuamente e é considerado uma grande tendência para os próximos anos. Outra razão para investir nessa opção é que ela apresenta propriedade digital específica, portanto, os produtos são únicos. Tudo o que é único gera uma escassez comercial, por essa razão, é mais valorizado dentro de alguns setores. Você pode ganhar dinheiro com NFT de duas maneiras: criando ou negociando. Diversas pessoas ganham altas quantias criando NFT e os artistas são os principais beneficiados pelas vendas das artes digitais. Existe até mesmo artista plástico de NFT que faz pinturas e as comercializa em plataformas especializadas, e para se ter uma ideia do quanto vale a pena, algumas obras são vendidas por milhões de dólares. O CEO do Twitter vendeu seu primeiro tuíte pela bagatela de US $2.9 bilhões, ou seja, é muito dinheiro se você tiver criatividade e for bom nisso. Uma empresa de laudo cautelar veicular também pode ganhar dinheiro com o NFT fazendo negociações, visto que quem compra também tem benefícios. Isso acontece porque o comprador está adquirindo algo colecionável e que pode ser valorizado com o passar do tempo. Entretanto, para se dar bem na área, é fundamental ter conhecimento sobre o assunto. Dicas para criar NFTs Agora que você já entende um pouco mais sobre o assunto, vamos dar algumas dicas para criar seus NFTs. São elas: 1 - Criar sua carteira de criptomoedas Sua carteira vai armazenar seus NFTs, por essa razão, é necessário abri-la em uma plataforma segura e que tenha um bom histórico nesse mercado. Assim como você pesquisaria tudo antes de adquirir uma chave codificada, procure se informar muito bem antes de tomar qualquer decisão. Também verifique se as plataformas possuem compatibilidade com os marketplaces de NFT. 2 - Comprar Ethereum Será necessário comprar uma pequena quantidade de Ethereum, que é uma plataforma para pagar suas despesas e criar seu NFT. Antes disso, defina o quanto você está disposto a gastar e faça sua compra. Mas tenha em mente que os valores que você precisa pagar para criar um ativo digital podem variar. 3 - Escolher um marketplace Depois que você já adquiriu o seu Ethereum, já pode conectar sua carteira a um marketplace. É nele que você vai criar a NFT e vender para alguém interessado em comprar. Você pode criar pensando em um público específico, como pessoas que frequentam uma clínica médica integrada, mas independentemente disso, dê preferência a plataformas de configuração simples e intuitiva. Relação entre NFT e blockchain Já que você está pensando em investir nessa área, é importante saber que as transações com NFT são feitas por meio de redes blockchain, a mesma tecnologia usada para comprar e vender criptomoedas. O blockchain é um sistema de registro coletivo e descentralizado, onde é possível validar as transações, sem passar por instituições ou autoridades. Para garantir a segurança no NFT, bem como sua autenticidade, esse sistema trabalha com proteção criptográfica inviolável, mantida e validada por milhares de computadores. Toda vez que um usuário, que pode até mesmo ser uma assistência técnica iphone vender um NFT, a transação é registrada em um livro contábil e público, sendo esse registro permanente. Isso acontece porque quando um bloco é adicionado, permanece como parte da corrente. É exatamente isso que torna o NFT algo tão raro e valioso, visto que também se trata de uma tecnologia que traz mais confiança e autenticidade para o arquivo. Isso acontece da mesma forma com as criptomoedas para garantir sua autenticidade. É por isso que os principais NFTs são vendidos na blockchain da Ethereum, além de ser uma das criptomoedas mais famosas. Pelo fato de o NFT ser usado para comercializar todo tipo de produto digital que você imaginar, possui toda a segurança da tecnologia blockchain. Mas o padrão token não-fungível, na verdade, já existe há um tempo, mais precisamente a partir de 2010. No entanto, só começou a chamar a atenção dos investidores, como uma assessoria empresarial, com a ascensão dos criptoativos. Atualmente, o uso mais conhecido da NFT se dá pelo comércio de criptoarte, algo que vem crescendo muito, a exemplo dos memes vendidos por milhões de dólares. Para se ter uma ideia, de acordo com um levantamento, o NFT já movimentou cerca de US $2 bilhões de dólares ao redor do planeta apenas em 2021, correspondente a 20 vezes mais do que em 2020. Considerações finais Nos dias de hoje, é possível comprar muitas coisas diferentes com NFT, como vídeos, textos, imagens, filmes, entre outros. Você escolhe seu artista e faz a compra, então, terá uma obra digital só para você. Agora que você já sabe do que se trata, pôde compreender por que esse investimento está em alta, e ele vai crescer ainda mais. Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Muita gente tem se perguntado o que é NFT, mas poucos realmente compreendem seu significado, entretanto, é uma tecnologia que já existe desde 2010.

Leia mais

Qual a importância de uma IA nos dias de hoje?

Qual a importância de uma IA nos dias de hoje?

A Inteligência Artificial (IA) faz parte de nossas vidas de muitas maneiras, portanto, entendê-la é fundamental para modernizar o seu negócio.

Leia mais
kaspersky
manageengine
security mentor
F5 Networks
sophos
tenable
isc2

Últimas Notícias do Blog

Ataque hacker contra Cruz Vermelha expõe dados de mais de 500 mil vulneráveis

Ataque hacker contra Cruz Vermelha expõe dados de mais de 500 mil vulneráveis

Leia mais
LGPD: o que é e como pode prejudicar a privacidade do seu negócio?

LGPD: o que é e como pode prejudicar o seu negócio?

Leia mais
Cyber Talk: A evolução e os desafios dos CISO nas organizações

Cyber Talk: A evolução e os desafios dos CISO nas organizações

Leia mais